ícone para mudar idioma do site para português ícone para mudar idioma do site para português
SIGA A SETA PARA CONTINUAR

O RIO

2022 ▾ Ficção ▾ Direção: Wislan Esmeraldo ▾ DCP ▾ 120 min

Durante a década de 60, Felipe e Matheus eram garotos inseparáveis que viviam em Aurora, no interior do Ceará. Foram o primeiro amor da vida um do outro, até que Felipe e sua mãe fogem da cidade após ele ter sido espancado pelo pai de Matheus, que desaprovava a relação dos dois. Cinquenta anos depois, Felipe se vê obrigado a voltar a Aurora após a morte de sua mãe, que sempre desejou ser enterrada em sua cidade natal. O retorno de Felipe à cidade de onde fugiu é um reencontro com uma memória submersa, que ele até então havia decidido esquecer. Ele redescobre os espaços e os rostos já desfigurados pelo tempo, deparando-se com a vida que teria tido se nunca tivesse saído de lá. O reencontro com Matheus, já tão distinto do garoto que foi, é decisivo para que Felipe decida ficar na cidade por mais alguns dias, até a missa de sétimo dia de sua mãe. Nesse período, os dois se esforçam ao máximo para superar as diferenças construídas ao longo de décadas e restituir a adolescência que lhes foi tirada.